10 Vantagens do Marketing Digital vs Tradicional

Atualmente o marketing digital tem vindo a revolucionar a forma como as empresas chegam aos consumidores. As ações de marketing tradicional, como os anúncios de rádio e TV, produzem bons resultados, mas exigem um investimento tão alto que, principalmente para as pequenas e médias empresas, chega a ser proibitivo. Além disso, estas ações podem não ser tão eficientes, uma vez que atingem um grande número de pessoas que não se interessam pelo seu produto ou serviço.

Os investimentos em estratégias de marketing digital são bem mais baixos e permitem que a sua empresa alcance o seu público-alvo de forma mais assertiva. Mas o que leva as empresas a apostar cada vez mais no marketing digital? Aqui ficam 10 grandes vantagens do marketing digital em relação ao marketing tradicional:

  1. Competitividade: qualquer empresa pode competir com qualquer concorrente, independentemente do seu tamanho, através de uma estratégia de marketing digital sólida. Tradicionalmente um pequeno fornecedor, por exemplo, iria tentar competir com os equipamentos e acessórios de última geração dos seus concorrentes de maior dimensão. Online, com um site bem estruturado, apelativo e uma excelente experiência do utilizador e serviços, uma empresa pode ganhar um lugar de destaque, mesmo tendo uma dimensão mais pequena.

 

  1. Redução de custos: a sua empresa pode desenvolver uma estratégia de marketing de baixo custo. O lançamento de uma campanha de marketing digital é muito menos dispendioso do que uma campanha feita através do marketing tradicional.

 

  1. Possibilidade de medir: ao contrário dos métodos tradicionais em que não nos permite ajustar em tempo real uma campanha, online pode testar, analisar e otimizar em tempo real e tomar decisões baseadas em estatísticas, não em sensações. Através de relatórios de análise teremos dados concretos: quantas pessoas visitaram uma página do site, quantas clicaram num anúncio, quanto pagou por cada clique, quantos emails foram abertos, etc. Medir para calcular e otimizar o retorno do investimento.

 

  1. Componente social: através das redes sociais ou de um blog pode criar uma comunidade de fãs e torna-los embaixadores da sua marca. É o passa-palavra dos tempos modernos e constitui uma importante ferramenta para o relacionamento das empresas com os seus clientes.

 

  1. Segmentação: no marketing tradicional podemos segmentar de forma muito superficial a publicidade, de acordo com o perfil do nosso cliente-tipo. Podemos escolher uma estação de radio, um jornal, um canal de TV, um local para colocar um cartaz, etc. No entanto, vamos sempre chegar a muita gente que não se interessa pela nossa marca e deixar de fora muitos potenciais consumidores que teriam todo o interesse no que temos para oferecer. No digital conseguimos ter uma enorme quantidade de informação sobre cada utilizador e segmentar de acordo com ela. Sabemos o que o utilizador está à procura naquele preciso momento, o histórico de pesquisas que fez, a informação básica de perfil, como idade, género, profissão, de onde é, onde vive, que línguas fala, mas também as preferências e interesses particulares de cada utilizador.

 

  1. Reconhecimento da Marca: um site bem estruturado, com conteúdo de qualidade visando as necessidades e agregando valor ao seu público-alvo pode fornecer um valor significativo e oportunidades de geração de potenciais novos clientes. O mesmo pode ser dito em relação à utilização das redes sociais e do email marketing.

 

  1. Alcance: ultrapassando as barreiras da distância, as campanhas das empresas chegam a qualquer parte do mundo, abordando mais consumidores e alargando mercados, o custo de fazer isso utilizando os métodos tradicionais seriam consideráveis. A vantagem no digital, é que uma vez otimizado o conteúdo do site para a pesquisa de determinadas palavra-chave, iremos ter um retorno do investimento a longo prazo e o custo para manter esse ranking é baixo.

 

  1. Viral: quantas vezes vemos a distribuição de folhetos anunciando produtos e serviços tentando chegar a novos potenciais clientes? Online, utilizando os botões de partilha social no site, e-mail ou outros canais, permite que a sua mensagem seja partilhada com extrema rapidez, basta olhar como ela é eficaz para a partilha de notícias de última hora.

 

  1. Não intrusiva: a maior parte das pessoas odeia receber emails de spam e telefonemas para vender produtos a horas inconvenientes, de coisas que elas têm pouco ou nenhum interesse. Online as pessoas têm a possibilidade de escolher a comunicação que querem ou não receber e muitas vezes essa comunicação é relevante para elas, porque foram elas que a procuraram. O marketing digital permite produzir contexto, voltar a ser relevante.

 

  1. Envolvimento do utilizador: no marketing digital o consumidor já não é um consumidor passivo mas sim um consumidor interativo que se envolve com as marcas e que é ativo na sua apreensão de conteúdos. Podemos incentivar os nossos potenciais clientes, clientes e seguidores a tomar ações, como visitar o nosso site, ler sobre os nossos produtos e serviços, avaliá-los, comprá-los e fornecer feedback que é visível para o nosso mercado. Hoje as decisões de compra baseiam-se sobretudo em informação recolhida online – se não estiver lá vai perder clientes para a concorrência.

 

Os seus concorrentes investem em estratégias de marketing digital ?

Faça uma pesquisa no Google, procure o seu produto ou serviço e confirme se os seus concorrentes já apostam em estratégias de marketing digital. O facto de não investir em marketing digital significa que a sua porta estará “fechada” para os clientes que navegam na internet e por outro lado estará a facilitar a vida aos seus concorrentes.

Aposte em estratégias de marketing digital e certamente ganhará mais clientes e aumentará as suas vendas.