O QUE É O MARKETING DIGITAL?

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email
Marketing Digital é o conjunto de estratégias que visam promover e vender produtos e serviços de uma empresa/marca na internet, além de ampliar o seu relacionamento com os clientes.

Atualmente, a internet já é considerada a maior fonte de informação do mundo. As empresas tendem a investir mais em marketing digital e na produção de conteúdo de qualidade. Otimizando os seus websites e assim aumentar a visibilidade das suas páginas para atrair mais potenciais clientes para o seu site, levando ao aumento das suas vendas.

O processo de compra hoje em dia também mudou, é muito comum pesquisarmos por produtos e serviços que queremos na internet, seja para encontrar os melhores preços (quando já sabemos o que queremos), para procurar informações sobre um determinado produto ou serviço (quando ainda estamos a ponderar a possibilidade de compra), ou mesmo descobrir mais sobre um problema que temos (quando ainda nem sabemos qual a solução que nos poderá ajudar).

Para se ter uma ideia de como o Marketing Digital mudou o processo de compra, basta dizer que, no passado, quase a totalidade das informações que obtínhamos sobre produtos e serviços estavam na mão das empresas que os vendiam. Ou seja para sabermos mais sobre um produto ou serviço, tínhamos que ir diretamente ao vendedor, que provavelmente “puxaria a brasa à sua sardinha” para o lado da empresa em vez de fornecer informação isenta sobre os produtos e serviços.

Hoje, o Marketing Digital possibilita ao consumidor ter um papel mais ativo nesse processo. Podemos dizer que 60% do processo de compra já foi realizado antes mesmo de o consumidor entrar em contato com o vendedor. O Marketing Digital é, na verdade, uma enorme oportunidade para as empresas reforçarem a sua marca e multiplicarem as suas oportunidades de negócio, pois a internet já faz parte da vida das pessoas.

O que é Marketing Digital?

O marketing digital, também conhecido por marketing online, é a promoção de marcas para se relacionar com potenciais clientes utilizando a internet e outras formas de comunicação digital. Isto inclui não apenas email, redes sociais e publicidade online, mas também mensagens de texto e multimédia como canais de marketing.

Resumidamente, se uma campanha de marketing envolve comunicação digital, é marketing digital.

Marketing Digital B2B vs B2C

O marketing digital funciona tanto para empresas B2B quanto B2C, mas as melhores práticas diferem significativamente entre as duas.

Os potenciais clientes B2B tendem a ter processos de tomada de decisão mais longos e, portanto, funis de vendas mais longos. As estratégias de criação de relacionamentos funcionam melhor para estes clientes, enquanto os clientes B2C tendem a responder melhor a ofertas e mensagens de curto prazo.

As compras B2B são baseadas normalmente na lógica e evidência. O conteúdo B2C é mais baseado no factor emocional, com foco em fazer o cliente sentir-se bem com a sua compra.

As decisões de B2B normalmente precisam da opinião de mais do que uma pessoa. Os conteúdos de marketing que funcionam para estas tomadas de decisão são conteúdos que podem ser partilhados e descarregados. Os clientes B2C, por outro lado, preferem relações individuais com uma marca. Contudo, existem exceções a todas as regras. Uma empresa B2C com um produto caro, como um carro ou computador, pode oferecer conteúdo mais informativo e sério. A estratégia deve ser sempre orientada ao tipo de público-alvo, seja empresa B2B ou B2C.

 

Conheça as principais ferramentas do Marketing Digital

O Marketing Digital envolve a utilização de várias ferramentas que aumentam o seu alcance e influenciam no processo de compra dos consumidores. As 7 principais ferramentas do marketing digital são:

 

SEO (Search engine optimization)

A otimização nos motores de pesquisa, ou SEO, é tecnicamente uma ferramenta de marketing, e não uma forma de marketing em si.

“A arte e ciência de fazer páginas web atraentes para os motores de pesquisa”.

A parte “arte e ciência” do SEO é o mais importante. SEO é uma ciência porque requer a pesquisa e ponderação dos diferentes factores que contribuem para alcançar a classificação mais alta possível. Hoje em dia, os elementos mais importantes a considerar na otimização de uma página de um site na internet são:

  • Conteúdo de Alta Qualidade;
  • Palavras-chave na url, títulos e descrições (SEO On-Page);
  • Nível de interação do utilizador;
  • Compatibilidade com dispositivos móveis (Mobile-Friendly);
  • Backlinks de qualidade;
  • Velocidade de carregamento;
  • Segurança – Certificado SSL;

O uso estratégico destes factores faz do SEO uma ciência, mas a imprevisibilidade envolvida torna-o uma arte.

 

Em SEO, não existe uma regra consistente para uma classificação elevada. O Google muda regularmente o seu algoritmo, então é impossível fazer previsões exatas. O que pode e deve ser feito é monitorizar regularmente o desempenho da sua página e fazer os ajustes necessários.

 

Marketing de conteúdo

SEO é um factor importante no marketing de conteúdo, é uma estratégia baseada na distribuição de conteúdo relevante e valioso para um público-alvo.

Como em qualquer estratégia de marketing, o objetivo do marketing de conteúdo é atrair leads que, possam mais tarde converter-se em clientes. Esta estratégia é diferente da publicidade tradicional. Em vez de atrair clientes com potencial interesse em produtos ou serviços, oferece valor gratuitamente na forma de conteúdo escrito.

Os copywriters de marketing de conteúdo precisam ser capazes de atingir uma posição elevada nos resultados de pesquisa, ao mesmo tempo que envolvem as pessoas que irão ler o conteúdo, partilhar e interagir mais com a marca. Quando o conteúdo é relevante, ele pode estabelecer relacionamentos fortes em todo o funil de vendas.

 

Marketing de Redes Sociais

O marketing de redes sociais permite captar o tráfego e a notoriedade da marca, envolvendo as pessoas em discussões online. As plataformas mais populares para marketing de redes sociais são Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, YouTube etc.

Como o marketing de redes sociais envolve a participação ativa do público, tornou-se uma forma popular de chamar a atenção. É o meio de conteúdo mais popular para profissionais de marketing B2C com 96%, e está a ganhar terreno também na esfera B2B.

A venda direta pode nem ser o principal objetivo da sua estratégia de marketing de redes sociais. Muitas marcas utilizam esta estratégia para iniciar diálogos com o público, em vez de incentivá-los a uma compra imediata. Isto é especialmente comum em marcas que têm como alvo públicos mais velhos ou comercializam produtos e serviços que não são compras por impulso. Tudo depende dos objetivos da sua empresa.

 

Publicidade Online (PPC)

Pay-per-click, ou PPC, trata-se de promover um anúncio numa plataforma e pagar cada vez que alguém clica nele.

Como e quando as pessoas veem so eu anúncio é um pouco mais complexo. Quando uma posição está disponível na página de resultados de um motor de pesquisa, também conhecido como SERP, o motor de pesquisa preenche o local com o que é essencialmente um leilão instantâneo. Um algoritmo prioriza cada anúncio disponível com base em vários fatores, tais como:

  • Qualidade do anúncio
  • Relevância da palavra-chave
  • Qualidade da página de destino
  • Valor do lance

Cada campanha PPC tem uma ou mais ações/objetivos que os utilizadores devem executar após o clique num anúncio. Essas ações são conhecidas como conversões e podem ser transacionais ou não transacionais. Fazer uma compra é uma conversão, assim como o registo num formulário ou mesmo um contacto telefónico.

Independentemente das conversões ou objetivos que escolher, pode acompanhá-las na plataforma escolhida para ver como está o desempenho da sua campanha.

 

Email Marketing

O conceito de email marketing é simples – você envia uma mensagem promocional e espera que o seu potencial cliente clique nela. No entanto, a sua execução é muito mais complexa. Em primeiro lugar, você deve certificar-se de que os seus emails são desejados. Isso significa ter uma lista de aceitação que faz o seguinte:

  • Individualiza o conteúdo, tanto no corpo do email como no campo do assunto;
  • Indica claramente que tipo de email o subscritor irá receber;
  • Oferece uma opção clara de cancelamento de inscrição;
  • Integra emails transacionais e promocionais;

Você deseja que os seus potenciais clientes vejam a sua campanha como um serviço valioso, não apenas como uma ferramenta promocional.

O email marketing é uma técnica comprovada e eficaz por si só: 89% dos profissionais a consideraram como o canal de geração de leads mais eficaz.

Pode ser ainda melhor quando associado a outras técnicas, como a automação de marketing, que permite segmentar e agendar os seus emails para que vão ao encontro das necessidades do cliente de forma mais eficaz.

 

 

O grande fator diferenciador do Marketing Digital é que não são as empresas que irão atrás dos consumidores, mas justamente o contrário. Precisamos dar um motivo para as pessoas chegarem até nós.

E como? Gerando valor através da produção de conteúdo de qualidade e relevante.

Marketing Digital caracteriza-se também pelo seu baixo investimento, em comparação com os canais de comunicação tradicionais como a televisão, a rádio ou jornais e revistas.

Para além disso é muito mais fácil de medir os resultados de todo o investimento.

Apostar no Marketing Digital é a garantia de sucesso do seu negócio, seja ele online ou não.

Apresentamos aqui algumas estatísticas que comprovam a importância do Marketing Digital e demonstram o seu potencial de crescimento:

  • orçamento no digital deve duplicar nos próximos 5 anos (Fonte: WebDAM.com);
  • 87% dos utilizadores de internet possuem atualmente um smartphone (Fonte: Global Web Index);
  • O Inbound Marketing gera 54% mais Leads que o Outbound Marketing (Fonte: WebDAM.com);
  • Três milhões de anunciantes utilizam o Facebook para alcançar os seus consumidores (Fonte: AdWeek);
  • As empresas B2B que possuem blogs geram 67% mais Leads do que as empresas que não o têm (Fonte: WebDAM.com);
  • Instagram ultrapassou a marca de 200 mil anunciantes 5 meses após abrir a sua plataforma de anúncios (Fonte: AdWeek);
  • 93% das decisões de compra são influenciadas pelas redes sociais (Fonte: Ironpaper);
Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on email
Artigos atuais sobre o universo do marketing digital
Artigos Relacionados
Marketing Digital para Pequenas Empresas

Marketing Digital para Pequenas Empresas

Todas as empresas querem ser encontradas e reconhecidas por parte dos seus clientes. O Marketing Digital para Pequenas Empresas vai permitir, não só garantir isso, como também encontrarem de uma forma contínua novos potenciais clientes.

Como Fazer o Seu Site Aparecer no Google?

Para o seu site aparecer no Google é fundamental apostar em SEO, de forma a tornar o site o mais relevante possível, para as palavras-chave pesquisadas pelos utilizadores interessados na área ou serviço que o seu site aborda.

quais sao os principais sites que existem

Quais são os Principais Tipos de Sites que Existem?

Antes de criar ou atualizar o website da sua marca, é muito importante perceber qual é o tipo de website que irá representar melhor o seu negócio. Neste artigo, vamos explicar quais são os principais tipos de sites que existem, e quais as vantagens de cada um deles.

GOSTOU DESTE ARTIGO?

Entre para a nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade. Tendências e novidades de marketing digital regularmente na sua caixa de correio. Na Agência Area Web não fazemos SPAM!

cropped-cropped-logo-area-web.png

SEO